Franquia

Estrutura organizacional de uma franquia: Saiba como funciona

por: Moldura Minuto

publicado: 12/05/2022

estrutura-organizacional-de-franquias.jpg

A estrutura organizacional de uma franquia é um dos fatores determinantes para o sucesso das redes. Ter uma boa organização é essencial para manter os processos bem definidos e alinhados aos objetivos. 

Para uma empresa gerar os resultados esperados, crescer e se manter no mercado, ela precisa ser bem operada, para isso, é importante garantir funcionários bem capacitados, um ambiente adequado, recursos e ferramentas necessárias. Neste texto vamos te explicar melhor sobre a estrutura organizacional de uma franquia e como ela funciona na hora de colaborar com o crescimento da rede. Confira!

O que é estrutura organizacional de uma franquia?

A estrutura organizacional é uma forma de reestruturar e assentar o modo como uma empresa atua, seja definindo o modo como ela aloca seus funcionários, como ela define suas relações de trabalho, a comunicação interna e até mesmo a sua posição hierárquica.

Sendo assim, toda empresa necessita de uma estrutura organizacional para o seu funcionamento, no entanto, esta estrutura deve estar de acordo com a sua missão, visão, valores e expectativas, além de ser levado em consideração o formato do negócio em que a empresa atua.  

Afinal, a organização nada mais é do que a forma de fazer com que o negócio caminhe de maneira correta, elaborando planejamentos e diretrizes que devem ser cumpridas para que possam guiar o funcionamento do empreendimento. 

Nas redes de franquias, a estrutura organizacional tende a ser ainda mais importante, visto que a marca está fadada a se espalhar por diversos locais, sendo assim, podemos dizer que a organização de uma empresa ou marca é um dos principais pilares para o seu desenvolvimento. 

Qual a importância da estrutura organizacional para uma empresa?

Existem diversos fatores que são essenciais para o funcionamento de uma rede de franquias, como uma boa comunicação, estratégias de negócio, visão empreendedora, etc. E é justamente neste contexto que entra a necessidade da franquia ter uma boa estrutura organizacional, para garantir que todos os papéis sejam cumpridos, promovendo os resultados esperados pela empresa. 

Quando a estrutura da empresa está bem definida, é possível se organizar em diversas áreas e setores, deixando bem esclarecidas as funções de cada colaborador e qual o seu papel dentro da organização. Isso promove o engajamento e entendimento de atuação, para cada contribuição alcançar o seu resultado.

Assim como uma comunicação clara e objetiva, que também é fundamental para o franchising, colaborando com o bom relacionamento entre toda a rede de franquias e seus colaboradores, tornando-se mais eficiente e promovendo uma boa gestão aos olhos do mercado. 

Uma estrutura adequada para o seu tipo de negócio é essencial para o modelo de atuação da franquia, garantindo que todos os recursos sejam bem planejados e adaptados, sendo assim, é possível identificar onde há ruídos e escassez, além de desperdícios de recursos da rede, o que facilita o controle orçamentário. 

Esta divisão promovida por uma boa organização garante um ambiente de trabalho mais avaliativo, onde cada colaborador pode pode se auto avaliar e avaliar os franqueados, elaborando novas estratégias de incentivo, motivação e melhoria nas condições de trabalho e fornecimento de serviços, proporcionando mais satisfação para os funcionários e melhorando ainda mais o desempenho de cada um. 

Como implementar uma boa estrutura organizacional para a franquia?

Antes de mais nada, é importante ressaltar que existem dois tipos de organização de uma empresa, a horizontal e a vertical. Cada um dos tipos pode ser melhor trabalhado de acordo com o seu negócio. Por isso, vamos te ajudar a conhecê-los:

Quando falamos no modelo vertical, as empresas costumam possuir uma estrutura de destaque, conhecida como C-suíte, que funciona de maneira hierárquica, onde o CEO e os diretores vão organizando o negócio. 

Neste tipo de estrutura, é comum que os líderes e seus liderados possuam uma relação vertical, o que pode acabar engessando um pouco as relações, causando algumas divergências e falhas de comunicação. 

Já no modelo organizacional horizontal, a estrutura é agrupada por conhecimentos e áreas, de forma que os colaboradores sejam divididos em grupos e setores. Isso colabora para uma comunicação mais fluida e direta, atingindo todos os membros do setor, causando um ambiente de aprendizagem e crescimento profissional.  

No entanto, ainda assim podem ocorrer falhas na comunicação, uma vez que a diferença de setores pode ser mais complexa de ser trabalhada, causando novas falhas, por isso, é fundamental, estar sempre atento a forma de comunicação. 

Tendo isso em mente, podemos decidir qual modelo implementar na sua empresa ou organização. Para isso, é necessário ter um bom planejamento e atuar de acordo com as estratégias para alcançar o objetivo. 

Uma das formas de escolher a melhor estrutura organizacional de uma empresa, é avaliando alguns pontos, como formato de franquia, tamanho, cultura, etc. Veja a seguir:

Formato de franquia:

Quando falamos em formato de franquias, vamos nos deparar com uma série de modelos deste negócio, cada um possui um certo tipo de características, por isso, é importante definir uma estrutura que se adapte melhor a ela. 

Avalie qual o seu modelo de negócios, se for uma loja, container ou quiosque, assim você será capaz de preparar seu franqueado para operar de maneira segura em todos os setores. 

Tamanho da rede de franquias:

Pode não parecer, mas o tamanho da rede também costuma influenciar. A quantidade de unidades franqueadas devem ser levadas em conta para definir sua estrutura de organização, afinal, há franquias voltadas para pequenos negócios e outras para grandes negócios, como no caso, as flagships. Cada dinâmica deve ser ligada a sua estrutura organizacional. 

Planejamento estratégico:

Os objetivos de cada franquia podem variar, mas devem estar todos claros em um planejamento estratégico para que ela consiga alcançar o que deseja, assim, todos podem trabalhar de maneira a conquistar o objetivo proposto. 

Por exemplo, se sua franquia deseja expansão, é importante voltar o trabalho da sua equipe para isso, e assim por diante.  Sendo assim, não hesite em elaborar um ótimo planejamento estratégico com tudo que deseja, comunique toda a sua rede e assim, poderá desenvolver ações para a estrutura organizacional que será encarregada desta atividade. 

Prestação e suporte:

Na hora de definir sua estrutura organizacional, é necessário analisar sua capacidade de prestação de suporte, desta forma, sua rede pode ter sucesso além de ser mais fácil satisfazer sua rede de franqueados, por isso, um bom suporte é fundamental para que toda a rede esteja alinhada e fluindo bem.  

Sendo assim, faça uma análise sobre a sua capacidade de atender todos os franqueados, afinal, uma má comunicação com a rede também pode afetar o seu negócio, uma vez que afetam especialmente os clientes. 

Garanta que todos terão uma boa comunicação e toda a assistência necessária para o sucesso do empreendimento. 

Gostou das dicas de hoje? Venha conhecer nossos consultores e invista em uma franquia Moldura Minuto!

Clique aqui para ler mais matérias em nosso blog.

Acesse aqui para encontrar a loja mais próxima de você.

Converse com um consultor online da marca.

Ou acesse aqui para se tornar um franqueado da marca. Conheça o novo modelo de negócio compacto e inovador MM Smart – baixo investimento e alta rentabilidade. 

Nenhuma resposta para "Estrutura organizacional de uma franquia: Saiba como funciona"

Nenhum comentário ainda.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *