Franquia

Mapa de Stakeholders: um passo para sua empresa ser bem sucedida

por: Moldura Minuto

publicado: 17/06/2022

Mapa de Stakeholders

O mapa de stakeholders surgiu como uma maneira de realizar consultorias e averiguar processos e dados de uma forma transparente, ajudando a analisar quem são os stakeholders do seu modelo de negócios, ou seja, quais as melhores estratégias para alcançar um objetivo. 

Sendo assim, este mapeamento é fundamental para ajudar as empresas a compreender todas as partes interessadas e constar uma série de ações que visam otimizar o processo de organização para as tarefas. Neste texto vamos te explicar melhor sobre o que é mapa de stakeholders e como ele funciona. 

O que é mapa de stakeholders?

Os stakeholders são pessoas ou organizações que estão interessadas no sucesso de um processo em comum, ou algo que elas fazem parte, e este mapa é uma das ferramentas que possibilita a melhor visualização dos processos necessários para conquistar os objetivos. 

Ao fazer um mapa de stakeholding, ele possibilita que diversas pessoas vejam as inúmeras possibilidades que envolvem o processo de tomada de decisão de determinado projeto, tendo em mente que existem uma variedade de ideias e pessoas interessadas em projetos e resultados de uma empresa. 

Este mapeamento, é capaz de viabilizar a compreensão de como a organização é capaz de atender as expectativas geradas pelos stakeholders, ou seja, como este mapa permite um maior controle sobre quais os impactos que as estratégias do negócio podem causar sobre os stakeholders. 

Além disso, o mapa de stakeholders também é uma ótima ferramenta para se basear durante o processo de criação de pessoas ou avaliar como funcionam as representações e gostos dos consumidores de determinada marca ou empresa. 

Uma vez que esta ferramenta será capaz de gerenciar as vendas e relacionamento do seu negócio, é importante ressaltar que todos esses processos devem ser elaborados por alguém que já domina o assunto. 

Desta forma, as estratégias serão aplicadas corretamente, a fim de garantir o sucesso do planejamento. Caso contrário, elas podem se tornar desalinhadas. Por isso, com a ajuda de um mapeamento é possível garantir a visão de negócios e até antecipar a possibilidade do surgimento de determinados problemas, oportunidades e melhorias. 

Porque um mapa de stakeholders é importante?

Fazer um bom mapa de stakeholding pode não parecer algo tão importante, no entanto, ele é essencial para o bom andamento dos negócios, especialmente porque existem diversas pessoas, grupos, organizações e marcas que podem acabar afetando projetos e negócios de uma forma negativa ou positiva. 

Neste caso, os stakeholders podem influenciar positivamente ou negativamente o sucesso das iniciativas que estão sendo planejadas, por este motivo, tem uma grande importância nas estratégias de uma organização. 

Sendo assim, compreender os stakeholders de um projeto ou empresa é uma medida fundamental para conquistar as metas que estão previstas para uma estratégia. E tudo isso tem a ver com a diferença de ideias que consiste em um projeto. 

Portanto, o mapa é capaz de organizar, simplificar e melhorar o entendimento sobre como a empresa pode gerenciar melhor seus projetos, gerando ainda mais vantagens aos envolvidos e otimizar os processos. No entanto, tudo isso deve ser bem avaliado e considerado, afinal, o nível de importância de uma stakeholder pode variar conforme o tempo. 

Então, é essencial estar sempre atento às mudanças que o seu modelo de negócios está pedindo e como os projetos estão sendo elaborados. 

Quais os principais tipos de stakeholders?

Este termo foi criado por Robert Edward Freeman, em 1963, com a finalidade de se referir a grupos que deixariam de existir sem seu apoio. Para o filósofo, este termo pode ter dois significados: O primeiro, porque ele faz referência a todo indivíduo ou grupo que pode ser influenciado ou influenciar.

Já o outro, diz respeito aos indivíduos que a entidade, marca ou grupo depende para a sua sobrevivência. Podemos compreender que o termo nada mais é do que uma expressão para definir um público estratégico que acaba sendo impactado por nossas ações, ou, pelas ações de uma empresa. 

Ou seja, os stakeholders legitimam as ações de uma organização, influenciando em sua gestão e resultados. No entanto, eles existem em diversos elementos da sociedade, e por isso, devem ser considerados durante uma tomada de decisão. 

Podemos categorizá-los em dois tipos, os stakeholders internos da organização que agem como gestores, colaboradores, etc; e os externos, que são os clientes, a imprensa, etc. Mas é claro que também existem outras subcategorias que devem ser levadas em consideração de acordo com o nível de interesse e legitimidade. 

Para te ajudar a identificar os principais tipos de stakeholders, selecionamos uma lista. Confira:

  • Arbitrário: é um stakeholder legítimo, mas que não possui tanto poder de influência nas decisões que envolvem a organização. 
  • Adormecido: este não é legítimo e nem possui o senso de urgência, mas tem o poder de impor seus interesses. 
  • Dependente: Tem uma certa legitimidade e urgência, mas acaba sendo dependente do poder de outros stakeholders
  • Dominante: é um stakeholder legítimo e que pode ser bastante influente. 
  • Perigoso: Esta modalidade tem alto poder de influência, urgência e não é legítimo. 
  • Reivindicador: O reivindicador não costuma ter poder e nem legitimidade, mas tem muita urgência. 

Com base nisso, conseguimos constatar que os stakeholders são essenciais na hora de conseguir mapear e identificar os principais interesses e qualquer espécie de impacto que determinado negócio poderá sofrer. 

Desta forma, contar com a ajuda de um mapa de stakeholders para implementar novas estratégias organizacionais é uma questão que deve ser avaliada e considerada, afinal, os stakeholders podem ser responsáveis por comprometer ou ajudar a chegar no resultado esperado. 

Quando entendemos a importância desses atores, é possível ter uma visão muito maior dos acontecimentos, grupos e indivíduos que estão envolvidos em fazer o projeto caminhar. Além disso, promover uma estratégia elaborada com a ajuda do mapa de stakeholding garante maior facilidade de distinguir de que modo ela pode ser beneficiada, contribuindo para uma melhor forma para o projeto.  

Gostou das dicas de hoje? Venha conhecer nossos consultores e invista em uma franquia Moldura Minuto!

Clique aqui para ler mais matérias em nosso blog.

Acesse aqui para encontrar a loja mais próxima de você.

Converse com um consultor online da marca.

Ou acesse aqui para se tornar um franqueado da marca. Conheça o novo modelo de negócio compacto e inovador MM Smart – baixo investimento e alta rentabilidade. 

Nenhuma resposta para "Mapa de Stakeholders: um passo para sua empresa ser bem sucedida"

Nenhum comentário ainda.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *