Franquia

O que significa resiliência no empreendedorismo?

por:

publicado: 28/06/2022

resiliencia-no-empreendedorismo.jpg

Ter resiliência no empreendedorismo é muito importante, para entender as necessidades das pessoas na hora de desenvolver seus produtos ou serviços, assim como estabelecer os diferenciais competitivos da concorrência. 

Afinal, para quem olha de fora, empreender pode parecer muito simples e rápido, no entanto, para quem está iniciando o seu próprio negócio, pode se deparar com inúmeras dificuldades, riscos e incertezas. 

Por isso, neste texto vamos te contar um pouco mais sobre o estilo de vida dos empreendedores, e porque ter resiliência é um dos passos mais importantes para quem deseja ter seu próprio empreendimento. Continue lendo para saber mais!

O que é resiliência no empreendedorismo?

Resiliência nada mais é do que uma forma de reagir de forma positiva, superando os obstáculos que acontecem durante todo o percurso para se tornar um empreendedor. Especialmente, uma vez que a maioria das empresas iniciantes acabam fechando em menos de cinco anos devido ao mau planejamento e estruturação do empreendimento.

Ao relatar a falência das empresas, os principais motivos encontrados dizem respeito a dificuldades financeiras, estratégias mal elaboradas e imprevistos, o que acaba tornando o negócio complicado e bastante cansativo. 

Tudo isso pode colaborar com a desmotivação a longo prazo, causando a desistência dos negócios e levando o empreendimento ao fracasso. Sendo assim, a resiliência é responsável por dar a força para destruir os obstáculos, sendo assim, um empreendedor resiliente, é aquele que não desiste fácil, reagindo aos desafios e situações de forma equilibrada e resistente. 

Quando falamos sobre resiliência no empreendedorismo, estamos falando sobre uma maneira necessária de encarar a pressão do dia a dia, dando conta dos momentos difíceis e de crises. Afinal, passar por perrengues e sair deles com sucesso, é mais um demonstrativo de confiança, sabedoria e criatividade. 

Sendo assim, ser um empreendedor resiliente, significa identificar os problemas, tomar decisões rápidas e solucioná-los sem atingir sua equipe ou os negócios. Afinal, durante os tempos de crise é muito mais fácil desistir, do que lutar pelo sucesso e se for necessário, assumir os riscos para as novas oportunidades. 

Por que é importante ter resiliência no empreendedorismo?

Na hora de começar a empreender é necessário ter em mente que o caminho pode ser bastante complexo, no entanto, muita gente ainda acredita ser um processo simples, o que pode acabar gerando algumas frustrações. 

Durante esta etapa, se deparar com desafios no caminho é bastante comum, afinal, alguns deles não são possíveis de serem previstos, e nessa hora, é necessário ter resiliência para conseguir superar todos os problemas. 

Além disso, ter planejamento é uma das melhores formas de conseguir identificar os problemas, desenvolvendo a criatividade e o autocontrole, sem deixar a equipe desesperada, promovendo sempre a confiança e a segurança de que tudo será solucionado. 

Para isso, é preciso ter flexibilidade, desta forma, será mais simples compreender a realidade dos negócios de forma controlada, e saber optar pelo melhor plano de ação para o que está ocorrendo com a empresa, ou seja, agir com sabedoria.

Além disso, um empreendedor bem sucedido sempre usa a razão, deixando a emoção e os sentimentos de lado na hora de gerenciar, o que pode ser bem complicado, afinal, quando o barco está afundando, é necessário saber agir com a razão, de forma que a empresa consiga respirar, e isso é o que chamamos de resiliência, a paciência e o conhecimento na hora de agir para o sucesso dos negócios. 

Entenda o passo a passo da resiliência nos negócios

Agora que você já compreendeu o que significa resiliência e como ela funciona para o empreendedor, vamos te contar um pouco mais sobre o que é necessário para ser resiliente nos negócios. 

Resiliência na hora de iniciar o empreendedorismo

Como já dissemos anteriormente, o início é sempre um dos maiores desafios, seja para qualquer espécie de empreendedor. Afinal, para iniciar neste rumo, é necessário tomar uma série de decisões, o que pode ser bem complicado. 

Afinal, nem todo mundo sabe o que vai vender ou como fazer isso, se será em e-commerce, ou loja física e o que será necessário para atuar nas lojas, qual caminho seguir e como iniciar. 

E querendo ou não, todas essas questões fazem diferença na hora de iniciar algum projeto. O que pode transformar o medo e a ansiedade em um grande aliado neste começo, mas com o planejamento estratégico, é muito mais fácil lidar com tudo isso. 

Com uma boa organização, somos capazes de responder todas as perguntas de forma tranquila, tomando as decisões necessárias, o que faz da resiliência uma decisão importante desde o primeiro momento. 

Resiliência durante as dificuldades financeiras

Toda empresa que passa ou já passou por dificuldades financeiras sabe como esses momentos são comuns e assustadores, afinal, as pessoas ainda não conhecem muito bem sua marca e nem seu público ou como agir de acordo com a qualidade dos produtos e serviços ofertados. 

Além disso, nem todos os negócios têm demanda o ano todo, uma vez que existem produtos sazonais, que ocorrem de acordo com a mudança de comportamento e período do ano, sendo assim, ser resiliente é o que torna o empreendedor mais sensato e confortável para lidar com as situações. 

Isso tudo é essencial para que ele seja capaz de aproveitar todos os momentos favoráveis e se preparar para uma emergência, independente do momento.  

Resiliência ao lidar com a concorrência

Pode não parecer, mas o empreendedorismo é uma grande disputa, afinal, todo mundo tem concorrentes e isso pode até ser bom para o mercado. Uma das formas de perceber isso é analisando empresas de grande porte, afinal, quando uma delas cria uma boa campanha, as demais tendem a seguir. 

Por isso, é essencial estar sempre atento aos passos do seu concorrente e não se abalar com as ações por ele realizadas, seja resiliente, e supere todas as suas forças e criatividade para desenvolver estratégias aplicáveis ao seu público.  

Além disso, compreenda quem são seus concorrentes indiretos, ou seja, empresas que prestam serviços relacionados ao seu, que podem te afetar. Esteja sempre de olho nas novidades do seu setor. 

Resiliência para lidar com mudanças

O mercado muda muito e há todo momento, portanto, esteja sempre atento e seja dinâmico, afinal, as coisas acontecem de uma hora para a outra. O que pode ocasionar em novas tecnologias, novas funções, fornecedores, etc, que podem acabar deixando seu negócio obsoleto. 

Sendo assim seja resiliente para compreender que neste mundo, a única certeza que temos são as possíveis mudanças e as alterações, afinal, nem toda mudança significa algo ruim. 

Sempre dá tempo para promover novas mudanças e adaptações, sem ficar de braços cruzados, buscando maneiras de se adaptar às novidades e não ser engolido pela concorrência. 

Resiliência de aprender com os erros

Errar é humano, ainda mais quando se trata do seu primeiro negócio. No entanto, as ideias podem oferecer ótimos resultados e às vezes até dar errado. Ao pesquisar pela trajetória dos maiores empreendedores do mundo, pode ser que você se depare com alguns fracassos antes de tudo se tornar um sucesso. 

Vale ressaltar que o fracasso não é o oposto do sucesso, e sim o seu complemento, afinal, ele indica que algumas ações poderiam ter sido melhor planejadas. E é errando que se aprende novas maneiras de lidar com situações, quanto mais erramos, mais somos capazes de progredir e acertar no futuro. 

Portanto, a resiliÊncia nada mais é do que uma maneira de enfrentar e aceitar todos esses momentos de dificuldade de uma forma mais tranquila, aceitando que os obstáculos existem e que eles podem ser superados com apoio e organização. 

Ser resiliente, significa ser nobre, humilde e paciente, pode não ser fácil no início, mas é algo extremamente vantajoso, especialmente para os empreendedores. 

Nenhuma resposta para "O que significa resiliência no empreendedorismo?"

Nenhum comentário ainda.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *